terça-feira, 2 de novembro de 2010

Mulher põe fogo no corpo em protesto contra o racismo

Maggy Delvaux-Mufu, 42 anos, mãe de três filhos, estava encharcada de gasolina em frente a vários jornalistas, grintando que iria sacrificar sua vida para protestar contra o racismo. Então ela acendeu o fósforo, e tornou-se uma “tocha humana” em frente ha varias pessoas.


As chamas foram finalmente extintas quando o resgate chegou ao local. Uma pessoa desmaiou e vomitou após ve-la sendo queimada e transporta à ambulância. Maggy Delvaux-Mufu foi levada para o hospital Bon Secours em Metz, onde foi tratada.

Protesto muito irracional, ao meu ver. O fato é que o que realmente vai mudar na vida dela, são as condições de vida que serão muito piores, para ela e para os filhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião

FACEBOOK