terça-feira, 30 de novembro de 2010

As melhores fotos da Guerra ao Tráfico no Rio de Janeiro

Uma pequena guerra ocorreu no Rio de Janeiro,entre as forças brasileiras e centenas de traficantes entrincheirados no complexo de favelas como a do Complexo do Alemão. Confira abaixo uma sequência de fotos em altíssima resolução de um fato que entrará para a história do Rio de Janeiro e do Brasil. Clique nas imagens para ampliá-las.

Traficantes de drogas que não se identificaram, posaram para uma foto em uma rua da favela na zona oeste do Rio de Janeiro. 07 novembro de 2010. (Foto de Felipe Dana)

Uma visão geral do Complexo do Alemão. Domingo 28 de novembro, 2010. (Foto Felipe Dana)

Ônibus pegando fogo no bairro Maria da Graça, no Rio de Janeiro 26 de novembro, 2010. (REUTERS Foto:Sergio Moraes)

Traficantes de drogas, um deles segurando uma arma, em uma moto através de um cruzamento na favela do Morro Alemão, em 27 novembro de 2010. (Foto: Evaristo SA AFP / Getty Images)

Policial militar toma posição durante a incursão na favela do Morro do Alemão em 28 de novembro de 2010.(Foto: JEFFERSON BERNARDES AFP / Getty Images)

Polícia deslocando para posições durante uma operação contra traficantes de drogas no Complexo do Alemão. Domingo, 28 de novembro de 2010. A polícia do Rio com apoio de helicópteros e veículos blindados começaram a invadir um complexo de favelas dominados por traficantes, no domingo, movendo-se lentamente através de pequenas vielas em meio a artilharia pesada. (Foto: Silvia Izquierdo)

Reação de moradores após o disparos(Foto:Silvia Izquierdo)
Os soldados do Exército, policiais e jornalistas assumem posições durante uma operação na favela Alemão. 27 de novembro de 2010. (REUTERS Sergio Moraes)
Um membro de uma gangue armada de drogas toma posição atrás de um morador durante uma operação na favela da Grota, 26 de novembro de 2010. (REUTERS Sergio Moraes)
Um policial olha através de seus binóculos, durante uma operação contra traficantes de drogas no Complexo do Alemão. Domingo, 28 de novembro, 2010. (Foto: Felipe Dana)
Um veículo blindado do Exército Brasileiro passando por um bloqueio durante uma operação na favela Alemão, 28 de novembro de 2010.(REUTERS Foto: Bruno Domingos)
Reação das crianças durante um tiroteio, como resultado de uma operação policial contra traficantes de drogas no Complexo do Alemão, sábado, 27 de novembro de 2010. (AP Foto: Silvia Izquierdo)
Um fotógrafo posicionado atrás de um tanque de água vazio durante uma operação na favela Alemão no Rio de Janeiro, em 27 de novembro de 2010. (REUTERS Foto: Sergio Moraes)
Traficantes atirando contra a polícia em favela na favela do Alemão, 26 de novembro de 2010. (Foto: Thiago Cardoso AFP / Getty Images)
Policial em confronto com traficantes durante uma operação na favela Vila Cruzeiro, 25 de novembro de 2010. (REUTERS Foto: Bruno Domingos)
Policial à frente de uma muro com uma pintura da bandeira brasileira marcadas com buracos de bala durante uma operação contra traficantes de drogas no Complexo do Alemão, favela do Rio de Janeiro, 28 de novembro de 2010. (AP Foto Felipe Dana)
Um morador que foi baleado encontra-se no chão sendo socorrido por visinhos durante uma operação policial na favela da Grota, no Rio de Janeiro, sexta-feira 26 de novembro, 2010. (AP Foto Felipe Dana)
Um soldado olha através de um veículo blindado durante uma operação contra traficantes de drogas no Complexo do Alemão, 27 de novembro de 2010. (AP Foto Felipe Dana)
Coordenação de Recursos Especiais (CORE), policiais de escolta capturam traficantes de drogas e levam pé de maconha apreendidos durante a operação realizada na favela do Morro do Alemão em 28 de novembro de 2010 no Rio de Janeiro. (Foto: JEFFERSON BERNARDES AFP / Getty Images)
Moradores fogem da zona de conflito durante a incursão na favela do Morro do Alemão em 28 de novembro de 2010 no Rio de Janeiro. (Foto: JEFFERSON BERNARDES AFP / Getty Images)
Um fotógrafo tira fotos de drogas, armas e projéteis apreendidos durante uma operação contra traficantes de drogas no Complexo do Alemão, no domingo, 28 de novembro de 2010. (AP Foto Felipe Dana)
Um suspeito algemado dentro de um ônibus à espera da polícia durante uma operação contra traficantes de drogas no Complexo do Alemão favela no Rio de Janeiro, no sábado 27 novembro, 2010. (AP Foto Felipe Dana)
Policiais carregam um traficante suspeito ferido após um tiroteio em 23 de novembro de 2010, uma vez que realizou um ataque a gangues de traficantes na favela Mandela 2, no Rio de Janeiro. (REUTERS / Foto: Sergio Moraes)#
Policiais buscam um laboratório de refino de cocaína durante a incursão na favela do Morro do Alemão em 28 novembro de 2010 no Rio de Janeiro. (Foto: JEFFERSON BERNARDES AFP / Getty Images)
Um oficial de polícia com pacotes de maconha apreendidos durante uma operação contra traficantes de drogas no Complexo do Alemão, no domingo, 28 de novembro, 2010. (AP Foto Felipe Dana)
Um menino com a palavra "paz" escrita em sua testa olha durante um protesto na favela do Complexo do Alemão no Rio de Janeiro, sábado 27 de novembro de 2010. (AP Foto Felipe Dana)
Um helicóptero militar sobrevoa a favela Morro do Alemão, durante uma operação em 28 de novembro de 2010 no Rio de Janeiro. (Foto: Evaristo SA AFP / Getty Images)
Crianças brincam em uma piscina na casa de um traficante de drogas ausente na favela do Complexo do Alemão no Rio de Janeiro. Domingo, 28 de novembro, 2010. (AP Foto Andre Penner)
Forças Especiais abastecem um helicóptero com seis toneladas de maconha encontrada em um barracão durante uma incursão na favela do Morro do Alemão em 28 de novembro de 2010 no Rio de Janeiro. (Evaristo SA AFP / Getty Images)
Um garoto na porta de sua casa com motos queimadas na favela Vila Cruzeiro, no Rio de Janeiro, sexta-feira 26 de novembro de 2010. (AP Foto Felipe Dana)
Uma moradora segurando um bebê escondendo atrás de uma porta com um veículo blindado da polícia ao fundo em patrulha durante uma operação na favela do Complexo do Alemão no Rio de Janeiro, domingo, 28 de novembro de 2010. (AP Photo Andre Penner)
Policiais Militares posicionados durante uma incursão no Morro do Alemão em 28 de novembro de 2010 no Rio de Janeiro. (Foto: ANTONIO SCORZA AFP / Getty Images)
Soldados com suas armas durante uma operação contra traficantes de drogas no Complexo do Alemão favela no Rio de Janeiro, sábado, 27 de novembro de 2010. (AP Foto Felipe Dana)
Um soldado fecha a porta de um veículo blindado antes de uma operação contra traficantes de drogas no Rio de Janeiro, sexta-feira 26 de novembro, 2010. (AP Foto: Felipe Dana)
Traficante conhecido como Zeu (centro) é preso durante uma operação policial no Complexo do Alemão, domingo, 28 de novembro de 2010. (AP Foto: / Silvia Izquierdo)
Um corpo encontra-se próxima a uma rota de fuga utilizada por traficantes após uma operação contra traficantes na favela Vila Cruzeiro, no Rio de Janeiro, sexta-feira 26 novembro, 2010. (AP Foto Felipe Dana)
Um policial militar olha sobre os telhados durante uma incursão na favela do Morro do Alemão em 28 de novembro de 2010. (Foto: ANTONIO SCORZA AFP / Getty Images)
Um furo a bala no pára-brisa de um táxi, onde o "fotógrafo da Reuters Paulo Whitaker ficou ferido durante uma operação na favela Vila Cruzeiro, no Rio de Janeiro, 26 de novembro de 2010. Whitaker foi baleado no ombro durante a cobertura, mas ele está se recuperando rapidamente, disseram os médicos. (REUTERS Foto: Paulo Whitaker )
Um policial aponta sua arma durante uma operação contra supostos traficantes de drogas no Complexo do Alemão favela no Rio de Janeiro no domingo, 28 de novembro de 2010. (AP Foto / Silvia Izquierdo)
Polícia prende um suspeito no Complexo do Alemão favela do Rio de Janeiro, na segunda-feira 29 de novembro de 2010. Autoridades tomaram o controle de traficantes da mais perigosa das favelas na cidade, as operações continuam para localizar traficantes de drogas. (AP Foto Andre Penner)

10 comentários:

  1. boa tarde ! meu nome e antonio de paula.uma coisa posso garantir , todas as pessoas que estão reclamndo de agressões e roubo na casa dele~, são parentes ou apoia este bandidos

    ResponderExcluir
  2. É uma situação delicada, essa guerra invade totalmente a vida dos moradores dessas comunidades. Não é certo.. nesse país, nada é!

    ResponderExcluir
  3. , caracas isso é uma guerra na qual todos poderes políticos evitavam, pelo simples fatos de apaoiarem tudo isso. bastor uma decisão - e pronto resovel um problema em que políticos finaciavam tudo isso.

    ResponderExcluir
  4. AGORA PEGA AQUELA IMAGEM COM O LIVRO PIXADO DIZENDO "O SENHOR E MEU PASTOR E NADA ME FALTARA"

    E ENFIA NO CU DO DATENA FILHO DUMA PULTA IGNORANTE!!!!!

    ResponderExcluir
  5. cala a boca antonio de paula, vc nao sabe que tem uma monte de policial safado, filha da mae,sou policial e sei que tem safado la dentro da favela!!!

    ResponderExcluir
  6. Muito BOM Essa É a realidade no Rio.

    ResponderExcluir
  7. avisa la avisa la qui o trem bala vai volta porra C.V R.L

    ResponderExcluir
  8. o crime e o crime e cala essa boca seus bando de cu
    o crime e a coisa mais deficil de se acabar no mundo
    e nunca vai acabar

    ass: comando vermelho C.V R.L

    ResponderExcluir
  9. É a realidade do Rio, e está se tornando a realidade de quase todo o Brasil

    ResponderExcluir
  10. Esta é a realidade de bactérias como vocês que vivem as custas das dificuldades do morro, mais quando ver a policia subindo enfia o fuzil no cú e rala peito

    ResponderExcluir

Dê a sua opinião

FACEBOOK