quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Hoppa, um cãozinho diferente

Graças à invenção de um estudante de arte, Hoppa, um simpático cãozinho pode mover-se mesmo sem as patas dianteiras.

Hoppa é um cão vira-lata com 4 anos de idade, de Tel-Aviv, em Israel que recebeu um presente muito especial criado especialmente para ele. Este cão adorável nasceu sem as pernas da frente e apesar de seu dono, Avi Kuzi, mostrou-lhe todos os cuidados e afeto, tinha dificuldade em se movimentar.

Mas a maioria de seus problemas foram resolvidos por um dispositivo de wheeling personalizado feito por um estudante de arte, que espera que sua invenção poderia facilitar a vida dos animais que nascem com anomalias, ou com membros amputados.







7 comentários:

  1. Ainda existe esperança para os palestinos

    ResponderExcluir
  2. Vejo reportagens de repleta crueldade com animais com frequência,é muito bom e reconfortante, ver uma matéria dessas.. ajuda a ver que além de todas as atrocidades, existem as coisas boas, pessoas com um coração bom que dão valor a vida!! que é a coisa mais bela que pode existir, um ato de amor desses, um sopro de esperança para o mundo..

    ResponderExcluir
  3. Linda notícia.

    Vi no T3 e me emocionei.

    Como disseram, ainda existe esperança, ainda existem pessoas boas.

    Pena que para cada uma que existe fazendo o bem existem 10 maltratando animais.

    Nos resta a esperança, felizmente isto está mudando.

    Abraços e parabéns pela postagem!

    ResponderExcluir
  4. Que coisa mais linda! eu amo o meu cachorro s2 e nunca deixaria ninguém maltratá-lo. :)

    ResponderExcluir
  5. Cheguei a deixar uma lágrima escorrer agora. Sou APAIXONADA por animais, especialmente cães e gatos, e dá uma alegria muito grande em saber que tem gente que vê os bichinhos como seres vivos, e não como objetos que podem ser mal-tratados =)

    ResponderExcluir
  6. Esse cachorrinho ai tem cara de ser muito queridinho e afetivo =). adoro cachorros, muito,muito mesmo. Concordo com os comentários acima, bom saber que ainda existe gente com um coração nesse mundo

    ResponderExcluir
  7. Concordo com todos os comentários acima. Tb amo os animais e acho que todos tem o direito a uma vida digna. Nós, seres humanos, temos que entender que nosso planeta não pertence exclusivamente a nós, mas sim a todos os seres vivos que aqui habitam!Vomos aprender a respeitar!!!

    ResponderExcluir

Dê a sua opinião

FACEBOOK